Arquivo da tag: Nova rosa da penha

CNG na TV Capixaba

Padrão

Matéria realizada pela TV Capixaba(Afiliada da TV Bandeirantes) Sobre nossa Obra Social.

Paixão de Cristo

Padrão

Todos os anos, na Semana Santa os cristãos relembram os momentos finais da vida de Jesus. Na Obra social aconteceu a encenação desse momento forte na história do cristianismo.
O roteiro foi escrito pelo ex-coordenador Jovanir Poleze que fez uma adaptação para crianças das passagens na bíblia.
Dirigidas pela equipe as crianças e adolescentes se empenharam nos ensaios e, nesta quarta-feira da Semana Santa representaram de forma a emocionar os espectadores (pais, mães, amigos, funcionários do CNG). No final da apresentação tivemos a fala de nosso Diretor Pe. José Wilker que promoveu uma reflexão sobre o mistério da Paixão de Cristo.
As crianças e adolescentes ficaram felizes pelo trabalho realizado. Para eles foi gratificante ver a emoção do público.
Que Cristo – nossa certeza de Páscoa, de libertação – nos ensine a cada dia o caminho a seguir!

Casa Comum Nossa Responsabilidade

Padrão

Na manhã desta Quinta-feira (17/03) a Obra Social Centro Nova Geração levou suas Crianças e adolescentes para as ruas do Bairro Nova Rosa da Penha 2, em Cariacica para uma bonita caminhada. O objetivo da mesma foi a conscientização da população para o perigo causado pelo mosquito Aedes Aegypti, transmissor das doenças Dengue, Chikungunya e o Zika Vírus.

A criançada fez o seu papel de cidadão distribuindo panfletos alusivos aos cuidados que devem ser tomados. Crianças fantasiadas de mosquito Aedes Aegypti, Músicas, cartazes e desenhos relacionados à prevenção se destacaram durante a caminhada.

As crianças e adolescentes exercem um papel muito importante na sociedade levando essa conscientização para todos os seus lares.

20160317_083307 20160317_083317 DSC07572 DSC07575 DSC07630 DSC07638 DSC07643 DSCF7534 DSCF7536 DSCF7542 DSCF7562 DSCF7576 DSCF7592

CNG na Marcha contra o Extermínio da Juventude Negra em Vitória

Padrão

Em comemoração à Semana da Consciência Negra, as crianças e adolescentes do CNG fizeram durante o mês de novembro várias atividades como confecção de cartazes, quadros com figuras africanas, mostra de vídeos sobre o tema, leitura e rodas de conversa a partir de livros sobre as influências africanas no Brasil, além de pesquisas e debates sobre a participação do negro na sociedade brasileira.

Na sexta-feira (20) as crianças e adolescentes do CNG – com vestimentas típicas e pintura corporal – se juntaram a cerca 400 pessoas (segundo os organizadores) na 8ª edição da Marcha Estadual contra o Extermínio da Juventude Negra realizada pelo Fórum Estadual da Juventude Negra que cobra do Governo do Estado políticas de combate ao racismo, mais educação e oportunidades. O movimento percorreu as ruas do Centro de Vitória e se encerrou em frente ao Museu Capixaba do Negro (Mucane), no Parque Moscoso.

Durante o movimento eles animaram as pessoas tocando e cantando músicas e levantando as bandeiras e cruzes, além de ajudar na divulgação da causa com folhetos e adesivos. Durante o ato público os participantes da marcha fincaram cruzes em frente ao Palácio Anchieta em memória dos jovens negros assassinados no Estado.

As crianças e adolescentes ficaram felizes por participarem e sentiram-se importantes porque suas presenças deram um brilho novo ao evento neste ano.

12247810_10207948819660866_6776808832615349302_o12273779_10207948810340633_1692322396116632776_o12240966_10207948821420910_7375211019234745492_o12232944_10207948804740493_564109015188935859_o12239180_10207948803740468_5794615775658266572_o12239399_10207948803020450_7527007048251291220_o12247805_10207948802500437_4916325060030913922_o1890456_10207948801860421_3097048715866406309_o

DSCF6107 DSCF6110 DSCF6305DSCF6394 (2) DSCF6395 (2)DSCF6392

DSCF6398 (2)
DSCF6412 (2) DSCF6447 (2)

Recriando com Garrafas Pet

Padrão

Se, por um lado, o CNG é da opinião de que a indústria de refrigerantes deve buscar soluções responsáveis que diminuam (e até mesmo eliminem) o uso de garrafas pet, por outro, não podemos nos negar à busca de ações paliativas que dêem um novo destino aos descartáveis que aí estão no nosso cotidiano, e fazer disso um momento de formação da consciência criativa – mas também crítica – mas também crítica, de nosso público-alvo: a criança e o adolescente. Aquilo que aparentemente não passa de lixo pode se tornar objetos muito úteis em casa. No caso da garrafa pet, pode-se fazer objetos de decoração e até mesmo móveis e outros utilitários.

Na oficina de artesanato com recicláveis, sob a orientação da educadora Cristina, as crianças e adolescentes realizaram a confecção de puffs de Garrafa Pet. Num primeiro momento elas passaram a reunir pets espalhados em casa e com amigos e que teriam como destino o lixo; após ter a matéria prima iniciaram a confecção das peças utilizando-se de técnicas de corte e colagem; eles escolheram também os materiais e tecidos que seriam usados para a decoração final de cada puff.

Eles ficaram muito animados e disseram que vão fazer um em casa, pois além de útil ficou muito bonito.

20150729_08580420150729_090040WP_20150729_012WP_20150729_011

Participação Popular na Politica de Assistência Social

Padrão

No início de agosto, Cariacica viveu um importante momento para a Política de Assistência Social do município. Foi a 7ª Conferência Municipal de Assistência Social de Cariacica, onde o Poder Público e a Sociedade Civil (entidades, trabalhadores e público usuário desta Política Pública) puderam juntos avaliar a situação atual e propor novas diretrizes para o seu aperfeiçoamento, em especial os avanços do Sistema Único de Assistência Social – SUAS, e eleger os Delegados(as) para a 11ª Conferência Estadual de Assistência Social.

Representando o CNG estiveram a assistente social Danielle Machado de Jesus e a sra. Jusciara Luz do Nascimento, mãe de um dos adolescentes atendidos pela Obra Social Centro Nova Geração participou pela primeira vez de uma conferência de política pública, representando os atendidos pela Obra Social.

Elas participaram do processo de esclarecimento sobre o panorama geral da Política de Assistência Social no Brasil, ministrado pela Profª Drª Jeane Ferraz, da Universidade Federal do Espírito Santo – UFES e o panorama municipal mostrado pelos representantes da gestão pública e da sociedade civil. O SUAS completou 10 anos em 2015; a Política de Assistência se estruturou, mas muito ainda precisa ser feito para avançar, e assim transformar o “SUAS que temos, no SUAS que queremos”. Jusciara e Danielle colaboraram nos grupos de elaboração de propostas para execução dos serviços de Assistência Social do município e participaram no processo de decisão, com direito a voz e voto.

As Conferências ocorrem a cada dois anos e a PARTICIPAÇÃO POPULAR é fundamental para decidir sobre a Política de Assistência Social e acompanhar a execução dos serviços prestados para a melhoria desta política pública!

DSCF5800 DSCF5808 DSCF5815